Iáse – Futura Mãe do Passado

Iáse – Futura Mãe do Passado

Numa bela noite de festa, em certo clube social, 
Enturmado com amigos, de farra, pra toda hora 
Na mesa com “Cuba Libre”, uma bebida mundial;
Enquanto a vista passeava, eu já pensava ir embora. 

No vislumbre duma mesa, do outro lado do salão … 
Um olhar tão cativante com o sorriso encantador, 
Como um raio fulminante, atingiu meu coração; 
Logo vencida a timidez, um encontro promissor. 

Muitas voltas no salão, romântica dança suave… 
A seda daquele vestido, deslizando me enlouquecia 
E um sorriso desafiante…eu me dizia Deus me salve; 
Pois não sabia o que dizer, mergulhado em fantasia. 

Mentindo o quanto podia, ocultando a identidade, 
Eu não queria ser julgado, por um título ou profissão; 
Muito sagaz ela sabia minha incerteza ou falsidade, 
Mesmo assim revelaria, sua verdadeira condição. 

Naqueles anos sessenta, uma promessa se cumpria, 
Achei que ela me quisesse e alimentava esperança 
Durante toda a semana, eu me lembrava cada dia 
Da moça de belo sorriso e da nossa noite de dança. 

Procurando o endereço, dei logo de cara com o pai, 
Um encontro inesperado e uma apresentação formal, 
Coisa de anjos do destino; e dum destino ninguém sai. 
Foi assim que começamos, uma feliz vida de casal.

 

2 comentários sobre “Iáse – Futura Mãe do Passado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s