Efeito Pandemia

Efeito Pandemia

Nesse tempo de pandemia e isolamento social, 
Às sequelas que aparecem são deveras cruciais: 
Viver junto é uma coisa; e conviver é algo mais. 
O “se afaste” “ não me toque”, agora é outro mal. 

Mulher de “licença prêmio” já evitando o amante; 
Achando que a coisa pega e que é melhor dizer não. 
Dá pra beber noite e dia, só chá – mate com limão, 
Sem explicar pro incauto que a bebida é broxante. 

O coitado se acomoda, só para evitar confusão; 
Sente-se meio esquisito, pensando ser baixo astral; 
Não suspeita, nem por sombra, que a raiz desse mal 
Ê a rotina mudada: morar com mulher como irmão. 

Vai consultar o doutor, a buscar aconselhamento. 
O medico lhe diz, amigo… o remédio a receitar… 
Seria antiético eu dizer, que é melhor prevaricar; 
Só não posso responder, pelo fim do casamento. 

Passados uns trinta dias, com retorno garantido, 
O médico o interroga: deixou de pensar naquilo? 
Quem me dera, seu doutor, já esqueci do estilo 
De tanto chá que tomei, o principal está perdido. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s